Champions League 99 - Matthew PerdueNa final da Champions League, temporada 1998-99, a equipe do Bayern de Munique vencia o Manchester United até os 45 minutos do segundo tempo. O time da Bavária estava praticamente com as mãos no mais cobiçado troféu europeu. Mas, incrivelmente, tudo mudou em apenas 3 minutos. Aos 46, a equipe inglesa conseguiu o empate, com Sheringham. Quando todos achavam que o jogo caminharia para a prorrogação, Solskjaer marcou o gol da histórica virada inglesa, aos 48 minutos, para desespero dos alemães.

Tal jogo ficou gravado na mente e no coração do artista Matthew Perdue. Perdue teve uma ideia original: retratou cada movimento da bola durante os 90 minutos daquele jogo. A paciência de Perdue para analisar todas as trajetórias da bola e a perspicácia para representá-las, já eterniza esta final em uma obra de enorme criatividade.

O artista a intitulou “The Beautiful Data” e foi a sua primeira experiência no mundo da “Information Aesthetics” – campo que mescla o design com a visualização da informação.

Confira a obra de Matthew Perdue na galeria de imagens. De quebra, aproveite para ver os gols de uma das finais mais dramáticas da história da Champions League.

Obra por Matthew Perdue
Conheça o trabalho de Matthew Perdue no Behance

Para saber mais sobre “Information Aesthetics”, acesse o blog Infosthetics.com.